Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Canoas Vôlei

Sábado é dia de lotar o ginásio da Unilasalle para botar a APAV no G4 da Superliga B

Uma vitória diante do Lavras pode colocar a equipe de Canoas na segunda posição da Superliga B após a metade da primeira fase. Jogo é considerado chave na trilha para o acesso à elite do vôlei masculino

Por Eduardo Torres
Última atualização: 13.02.2020 às 11:39

Casa cheia será fundamental para garantir a segunda vitória em casa na Superliga B Foto: Paulo Pires/GES
Vitória, entrada no G4 e casa cheia. Este é o cardápio ideal para a APAV Vôlei, de Canoas, avançar mais uma casinha na trilha do retorno à elite da Superliga, depois de três anos. Às 19h deste sábado, a equipe encara o Lavras, de Minas Gerais, no ginásio da Unilasalle, com ingressos a R$ 15.

Será a quarta de sete partidas na primeira fase da Superliga B, e desta vez, depois de uma vitória em casa e de duas derrotas somente no tie-break fora, a APAV, que ocupa a quinta colocação na tabela, é que entrará em quadra com responsabilidade da vitória diante do vice-lanterna, que ainda não venceu na competição.

"É o tipo de jogo que exige ainda mais concentração, porque aumenta a nossa responsabilidade. Nós mesmos provamos para os líderes na semana passada que não se pode relaxar e que cada jogo é uma decisão", avalia o diretor, Almir Beltrame.

CONFERE A TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DA SUPERLIGA B

É que, apesar do desempenho — Lavras somou somente um ponto até agora —, na equipe mineira há jogadores como o Lorena, campeão da Superliga.

"Vamos para o jogo com a mesma responsabilidade que enfrentamos os outros adversários. É uma liga muito equilibrada e um adversário muito forte no ataque", diz o técnico Marcelinho Ramos.

E se na partida contra o Juiz de Fora, duas semanas atrás, os 500 torcedores na Unilasalle foram importantes, no restante desta missão contra os mineiros — neste sábado contra o Lavras e no dia 29, contra o Uberlândia —, a pressão da arquibancada será fundamental.

"O fator local vai ser fundamental nos playoffs. Nossa luta é para trazermos os jogos decisivos para a nossa casa, e aí, o papel do torcedor de Canoas vai ser decisivo para voltarmos à elite", aponta o campeão olímpico, e também diretor da APAV, Gustavo Endres.

A expectativa da direção é dobrar o público registrado no primeiro jogo da Superliga B em casa. Para isso, haverá uma série de sorteios e promoções a quem estiver na quadra.

A fórmula

Nesta primeira fase da Superliga B, os oito times jogam contra todos, em turno único. Depois das sete rodadas, iniciam os playoffs das quartas de final, disputados em séries de melhor de três jogos, com todos os times.

Daí a importância de conseguir encerrar a primeira fase na primeira metade da tabela.

"Ainda não conseguimos projetar a necessidade de pontos até o fim da primeira fase para garantir o G4, porque está tudo muito embolado, mas o que temos feito até agora é o ideal: vencer em casa e buscar pontos fora", afirma Gustavo.

CONFERE A TABELA DE JOGOS DA PRIMEIRA FASE

Em três jogos, a APAV somou os três pontos da vitória em casa e, com duas derrotas por tie-break longe do Rio Grande do Sul, garantiu mais dois pontos. O time comandado por Marcelinho Ramos soma cinco pontos até agora, apenas um atrás do segundo colocado, o Anápolis, e três abaixo do Guarulhos, que lidera a competição.

"Estes jogos fora de casa nos trouxeram mais maturidade e confiança. É possível perceber que nesta liga, muito equilibrada, o limite para conseguir coisas boas ou ruins é muito pequeno. O certo é que estamos na briga", avalia Marcelinho.

Uma vitória neste sábado, dependendo da combinação de resultados, poderá levar a APAV à vice-liderança. Depois, restarão três jogos para o fim da primeira fase, dois deles contra adversários que ainda estão na frente na classificação.

Mas é possível sonhar com o acesso?

Gustavo Endres garante que sim. Perguntado sobre três razões para acreditar no retorno de Canoas à elite do vôlei masculino, ele resume: merecimento, comprometimento e torcida.

"O caráter desse time me surpreendeu. É uma equipe que briga a cada ponto, e lá no final, nos playoffs, essa casca criada nos dois jogos de tie-break fora de casa será importantíssima. Nos dá uma certeza de que, mesmo se não trouxermos para casa a vantagem, e tivermos que decidir uma vaga fora, eles vão brigar até o último ponto sempre", resume o diretor.

A campanha mostra que dá para acreditar, mas ninguém no ginásio da Unilasalle imagina que seja uma missão fácil.

A APAV, tem média de idade de 23 anos entre os 18 jogadores do grupo. Há meninos desde os 17 anos até o "veterano" do time, o levantador Vitor, com 28 anos, que trouxe para a APAV a experiência do acesso no ano passado.

Marcelinho e Almir projetam o caminho na busca do acesso Foto: Paulo Pires/GES

Em quinto na classificação após três jogos, na classificação dos investimentos para a Superliga B, Canoas está mais abaixo. É o sexto ou sétimo menor orçamento.

"A necessidade estimada para uma Superliga B seria de R$ 1,5 milhão. Hoje, ainda estamos captando, mas não chegamos sequer à metade disso", explica Almir Beltrame.

A folha de pagamento é garantida na parceria com o Banrisul e a logística é custeada a partir dos recursos provenientes da Lei de Incentivo ao Esporte. A terceira fatia deste bolo precisa ser preenchida pelo público.

"Ter casa cheia é fundamental neste modelo enxuto. Os jogos precisam, pelo menos, se pagar", avalia Beltrame.

Para que se tenha uma ideia, somente em arbitragem os custos chegam a R$ 2,7 mil por jogo.
Então, preparado para fazer a tua parte e levar Canoas de volta à elite do vôlei masculino?

SERVIÇO DO JOGO

APAV Vôlei Canoas x Lavras Vôlei (MG)
Onde: Ginásio da Unilasalle (Rua Quinze de Janeiro)
Quando: Sábado, 19h
Ingressos: R$ 15
Acesso: portões abertos às 17h
Promoção: Durante a partida, haverá sorteios de 6 vouchers de descontos em viagens da TZ Viagens, sorteios de vouchers de sessões de massagem, acupuntura e outros tratamentos na La Salle Saúde, brindes do Banrisul, bolas Mikasa e camisetas retrô da APAV

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.