Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Motores
Mercado

Espaçoso como sempre, bonito como nunca

Seis anos após seu lançamento, Spin recebe significativas mudanças visuais e mecânicas para seguir cativando as famílias
11/07/2018 10:11 11/07/2018 10:11

Foz do Iguaçu, PR - Concebido para atender às necessidades das famílias, o Spin recebe mudanças visuais e mecânicas significativas na linha 2019. Além de não contar mais com o tradicional estepe fixado na traseira, a aventureira Activ recebe uma nova versão, com 7 lugares, denominada Activ7. Os preços do Spin começam em R$ 63,99 mil e vão até R$ 83,49 mil.

As mudanças principais estão na frente, com grade e faróis redesenhados. Na traseira, são novas as lanternas, que estão maiores e horizontalizadas. O modelo também ganha novos recursos tecnológicos, como sensores que ligam automaticamente os faróis e o limpador de para-brisa. Além disso, do Equinox o carro pegou emprestado o sistema que avisa sobre objetos e crianças esquecidos no banco traseiro, podendo evitar até mortes.

O motor 1.8 recebeu mudanças que garantem 3 cv extras, totalizando 111 cv. Também foram feitas alterações na suspensão para aprimorar o conforto. O modelo chegou ao mercado em 2012 e, o aventureiro Activ, três anos depois, em 2015. Em seis anos, as vendas da família já ultrapassam 200 mil unidades, conforme a montadora. No ano passado, dominou 72% do seu segmento de mercado.

Viagem a convite da GM

Lanternas horizontalizadas 

As lanternas mudaram bastante, ficando mais horizontalizadas e bipartidas, invadindo a tampa do porta-malas, que agora abriga a placa, antes localizada no para-choque. A aerofólio esculpido na parte superior da tampa tem funções aerodinâmica e estética. Janela ganha contornos mais envolventes.

Novos faróis e grade

As mudanças visuais foram feitas em harmonia com a nova linguagem global da Chevrolet e caíram muito bem ao Spin. Como sua frente é alta, é inegável a semelhança com o novo Tracker.

O capô ganha maior inclinação, privilegiando também a aerodinâmica. Os faróis mais afilados e com opção de luz de condução diurna em LED ajudam a criar um aspecto tecnológico.

A versão de luxo LTZ traz cromados na moldura da grade frontal, no inédito friso traseiro e nas rodas aro 16” com acabamento exclusivo.

Grade ativa do radiador 

A grade ativa do radiador é uma tecnologia exclusiva da Chevrolet na categoria, consistindo em um sistema que abre e fecha automaticamente a grade posterior frontal de acordo com as condições de velocidade do veículo e necessidade de refrigeração do motor. Quando fechada, há redução do arrasto do ar e melhora da aerodinâmica.


Cadê o pneu na traseira da Activ?

Na versão Activ, o deslocamento do estepe para o porta-malas ajudou a reduzir a massa suspensa na tampa do bagageiro. São aproximadamente 50 kg a menos fixados na traseira, entre pneu, roda e os braços basculantes.


Interior mais refinado

A engenharia da GM também promoveu melhorias internas por meio de novos materiais. Painéis e consoles trazem maior refinamento e combinam diferentes texturas e cores que se estendem ainda aos revestimentos dos assentos.

O maior incremento está na versão topo de linha LTZ, que passa a adotar revestimentos premium nos bancos com costura pespontada, acompanhando o mesmo estilo aplicado no acabamento do volante. Com maior quantidade de mostradores e opção de novo computador de bordo, o quadro de instrumentos, por exemplo, é idêntico ao do Tracker. Saídas do ar-condicionado, porta-luvas, moldura da central multimídia e comandos como o dos vidros, travas e retrovisores elétricos foram atualizados pensando na ergonomia.

Modelo já contava com ar-condicionado, direção com assistência elétrica, transmissão de seis velocidades, travas e vidros elétricos com comando via controle remoto na chave. Agora, ganha de série retrovisor com ajuste elétrico e sensor de estacionamento desde a versão LT, que também recebe uma configuração com transmissão automática. Lanternas de neblina, ajuste de altura dos faróis e luzes indicadoras de direção lateral somam-se a essa lista. ‘‘O Spin é a escolha ideal para quem precisa levar sete pessoas e não quer sacrificar o conforto. De qualquer ângulo que olharmos o modelo, há novidades, tanto externas quanto internas’’, explica o diretor de Marketing de Produto da GM, Rodrigo Fioco.


Trilhos para a segunda fileira de bancos

O carro estreia com a segunda fileira de bancos corrediça. Por ser montada sobre trilhos, a peça pode ser movimentada 5 cm para frente ou 6 cm para trás, distribuindo melhor os espaços conforme a necessidade. O encosto também pode ser ajustável em inclinação.


Além disso, a parte traseira do encosto dos bancos do motorista e do carona foi redesenhada a fim de ampliar em mais 2,6 cm o vão até a segunda fileira de assentos. Para maior segurança, está sendo acrescentado à linha 2019 pontos de ancoragem para cadeirinhas infantil do tipo Isofix e Top Tether, além do quinto apoio de cabeça e cinto de segurança de três pontos no assento central.


Outra novidade é a opção da terceira fileira de bancos para a versão aventureira do Spin, batizada de Activ7, em referência ao número máximo de ocupantes que o veículo pode transportar. Os dois assentos extras podem ser rebatidos para ampliar o volume de carga. Nas configurações de cinco lugares, o porta-malas de 710 l pode chegar a 756 l com a segunda fileira de bancos toda avançada.


Motor 1.8 ganha 3 cv

A linha é equipada com o motor Flex 1.8 ECO, que agora desenvolve 111 cv de potência com álcool e 106 cv com gasolina, bem como valores de torque de 17,7 kgfm e 16,8 kgfm, respectivamente. O propulsor anterior, o 1.8 Econo.Flex, gerava 108 cv com álcool e 106 cv com gasolina, bem como torque de 17,14 kgfm e 16,42 kgfm, respectivamente. Na prática, não decepciona nas acelerações, mas também não chega a empolgar.


Conforme medições da GM, a versão aventureira acelera de 0 a 100 km/h em 11,3 s e de 80 a 120 km/h em 9,7 s, enquanto o consumo urbano é de 10,3 km/l (gasolina) e 7 km/l (etanol) e, o rodoviário, de 12 km/l (gasolina) e 8,3 km/l (etanol), de acordo com dados do Inmetro.


Já o Spin LTZ manual acelera de 0 a 100 km/h em 10,2 s e de 80 a 120 km/h em 11,7 s, enquanto o consumo urbano é de 10,4 km/l (gasolina) e 7,8 km/l (etanol) e, o rodoviário, de 13,2 km/l (gasolina) e 9 km/l (etanol).

Câmbio recalibrado

A transmissão automática de seis marchas ganha nova calibragem, que deixa as trocas mais lineares e quase imperceptíveis, aproveitando ao máximo o torque do motor. O resultado se reflete também no desempenho pois, segundo a montadora, a melhora é de aproximadamente 1 s nas provas de arrancada e retomada de velocidade.


OS PREÇOS

LS: R$ 63,99 mil
LT: R$ 68,99 mil
LT automática: R$ 69,99 mil
LTZ: R$ 78,49 mil
LTZ automática: R$ 81,99 mil
Activ automática: R$ 79,99 mil
Acticv 7: R$ 83,49 mil


Fonte: Chevrolet


Diário de Canoas

Motores

por Adair Santos
abcmotores@gruposinos.com.br

Gasolina na veia - O tricampeão de Fórmula 1 Nelson Piquet sempre alardeava que nas suas veias não corria hemoglobina, e sim gasolina. Uma anomalia genética que atinge milhões de pessoas no mundo e, pelo jeito, não tem cura. Jornalista há 15 anos, Adair Santos é um desses anormais que literalmente respiram tudo que diz respeito a veículos. Editor do caderno Motores, que circula semanalmente às quartas-feiras no Jornal NH, Jornal VS e Diário de Canoas, é apaixonado por carros, motos e aviões - ou seja, tudo o que tem motor, exceto a maquininha de obturação do dentista. Motores invade a rede - Os carros recém-lançados, aqueles protótipos bizarros que talvez nunca cheguem às ruas, dicas úteis sobre veículos e testes exclusivos. Além da versão impressa, que circula semanalmente às quartas-feiras no Jornal NH, Jornal VS e Diário de Canoas, agora as notícias sobre veículos contam com este importantíssimo espaço virtual para serem divulgadas. Não deixe de participar mandando sugestões e, quem sabe, até um flagrante fotográfico de um veículo que ainda está em fase de testes e futuramente vai ser fabricado no Brasil. Eu e minha máquina - Se você tem orgulho da sua máquina, seja ela um carro antigo ou novo, motocicleta, um triciclo ou até bicicleta, envie sua foto. Junto, informe seu nome completo e idade, cidade onde reside, telefone para contato, marca, modelo, ano de fabricação do veículo e desde quando tem ele na garagem. Mas atenção: não vale mandar só a foto do carro ou moto, você também tem que aparecer na imagem. Então, mãos à obra: passe uma cera na lataria, um gel no cabelo e faça o registro fotográfico.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS