Publicidade
BAH!rulho

Todas as Solidões é o primeiro disco de Paulo Fernando

Por André Heck

Paulo Fernando lançou Todas as Solidões em janeiro Foto: Divulgação
Letrista, cantor e compositor de Porto Alegre, Paulo Fernando está divulgando o seu primeiro álbum. Todas as Solidões foi lançado em 10 de janeiro de 2020 no formato digital e em abril na versão física pelo selo Marquise 51. O trabalho contou com a produção musical de Lucas Hanke e Beto Silva. Antes, o artista já havia lançado dois singles: Despedidas e Eu Sabia que Viria, ambos de 2019.

"O álbum mescla diversos subgêneros do rock, como pós-punk, indie rock, folk rock e synth pop. O trabalho zela pela importância de cada palavra. É um disco de rock poético", aponta Paulo Fernando. São dez canções e dez poemas que falam sobre "o lirismo do amor, do desamor, da saudade, da solidão e dos encontros, entre outros sentimentos e experiências comuns a todas as pessoas". A imagem que ilustra a capa é uma fotografia de Fábio Alt. "Denota que devemos pensar que existe luz no começo, no meio e muito mais do final dos túneis que a vida nos coloca em nossa caminhada", comenta o músico.

Pelo álbum Todas as Solidões, Paulo Fernando foi indicado como um dos dez melhores produtores executivos de 2020 pelo Prêmio Profissionais da Música. O Bah!rulho te deixa com a canção que dá nome ao disco. Se liga aí:

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.