Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região PNAD CONTÍNUA TURISMO

Pesquisa do Ministério do Turismo mostra quem pernoita mais

Número médio de noites em que os brasileiros passaram fora de casa chegou a sete dias no ano passado

Por Redação
Publicado em: 06.08.2022 às 03:00 Última atualização: 06.08.2022 às 16:43

Enquanto está em andamento o Censo 2022, que realiza levantamento de toda a população brasileira, seguem outros estudos também. Acabam de ser divulgados dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), um levantamento permanente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados que estão sendo anunciados integram uma parceria entre o IBGE e o Ministério do Turismo (Mtur). Trata-se da Pnad Contínua Turismo.

Roraima, da capital Boa Vista, é o Estado com mais pernoites
Roraima, da capital Boa Vista, é o Estado com mais pernoites Foto: Adobe Stock
O Mtur divulgou nos últimos dias, também, um recorte com dados curiosos a respeito da pesquisa. Foram levantados quantos dias, em média, os brasileiros passaram longe de casa ao longo do ano passado.

Dados

No ano passado, o Brasil registrou 12,3 milhões de viagens, sendo que 99,3% ocorreram dentro do País. O número médio de noites em que os brasileiros passaram fora de casa chegou a sete dias. Os dados da Pnad Contínua Turismo revelam, ainda, que os nortistas lideram o ranking dos que passam mais tempo viajando.

Segundo a pesquisa, os roraimenses chegaram a dormir fora do lar por cerca de 19 dias, seja em viagens dentro ou fora do Estado. Já o registro de pernoites dos moradores do Amapá, por sua vez, foi de 17 dias, seguido pelos residentes do Acre (14 dias) e do Amazonas (12 dias). Rondônia e Pará também estão entre as 10 unidades da federação que registraram a maior média de pernoites em viagens, ambos com 9 dias.

Centro-Oeste

Os moradores do Distrito Federal e do Mato Grosso também ganharam destaque em relação ao tempo de duração de suas viagens, com média de 11 e 10 dias, respectivamente. Entre as primeiras colocações, constam ainda representantes do Nordeste, com a Bahia (10 dias) e Pernambuco (9 dias). Por outro lado, dos que registraram as menores médias de pernoites durante viagens, estão Sergipe e Espírito Santo, com seis dias.

O levantamento Pnad Contínua Turismo 2020-2021, uma parceria entre o Mtur e o IBGE, divulgado no mês de julho, apontou crescimento na proporção de viagens realizadas no país que resultaram em pernoite, que passou de 73%, em 2019, para 76%, em 2021.

Uma das tendências para o turismo no Brasil, apontada no pós-pandemia, é de aumento do turismo doméstico.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.