Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Canoas Negócios

Canoas nos EUA em busca de tendências do varejo

Sebrae leva pequenos negócios para feira de comércio em Nova York

Por Shállon Teobaldo
Publicado em: 14.01.2022 às 03:00 Última atualização: 14.01.2022 às 07:50

Empresária há sete anos, Juliana Guterres participa pela segunda vez da Retail's Big Show, considerada a maior feira de varejo do mundo, promovida pela National Retail Federation (NRF), em Nova York, nos Estados Unidos.

"É uma ótima chance de aprendermos, pois as novidades são aplicadas primeiro lá"
"É uma ótima chance de aprendermos, pois as novidades são aplicadas primeiro lá" Foto: PAULO PIRES/GES
Entre domingo (16) e terça-feira (18), a proprietária da loja Meia&Cia se junta a outros nove empreendedores gaúchos para conhecer as novidades e tendências para o comércio varejista em 2022.

"Na minha vez, em 2018, conheci tecnologias de ponta e conceitos que até hoje repenso e aplico na empresa. Minha expectativa para este ano é entender esse cenário da pandemia, quais as perspectivas da economia mundial, o que podemos melhorar em nosso setor, pois o comportamento das relações de consumo mudou muito nos últimos dois anos", destaca ela.

Sebrae RS

Juliana e os demais gaúchos vão para os Estados Unidos através do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae RS), que selecionou os negócios a partir de um edital.

Presente pela nona vez no evento, o coordenador estadual de projetos de Moda e Varejo do Sebrae RS, Fabiano Zortéa, explica que a edição de 2022 é aguardada de forma especial. "Com a pandemia, todo o contexto dos negócios foi transformado, abrindo espaço e oportunidades para novas demandas de consumo, tendências e soluções em produtos e serviços. Evolução digital e retomada do presencial serão os grandes destaques da NRF", ressalta ele.

Além da programação da feira, que inclui exposições e palestras, os participantes terão a oportunidade de fazer visitas técnicas nos principais pontos comerciais de Nova York.

"É uma ótima chance de aprendermos, pois geralmente as novidades são aplicadas primeiro lá, então podemos trazer para o Brasil e sair na frente aplicando aqui em nossas empresas", diz Juliana.

Reinvenção

Para manter a roda girando, a empresária canoense sentiu as necessidades da pandemia e aproveitou para reinventar a loja a fim de atender às novas expectativas do público.

"Em 2020 ficamos praticamente quatro meses fechados, em 2021 mais um e mesmo depois, com as restrições, buscamos outras ferramentas para trabalhar. Criamos o serviço de fashion delivery, com a entrega de mala em casa para os clientes escolherem os produtos, fortalecemos as vendas online, investindo mais nas redes sociais, abrimos um nicho de sex shop e uma linha aromaterapia, demandas que vieram dos próprios consumidores, que são 92% mulheres", conta ela.

Psicóloga por formação, Juliana aprendeu a gerir um negócio fazendo. Os pais têm uma distribuidora da Lupo e há cerca de 10 anos saiu do consultório para ajudá-los. Poucos anos depois, o pai propôs o desafio de ela abrir e gerir uma loja.

CDL oferecerá capacitação pós-feira em NY

Juliana também é vice-presidente da nova gestão da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) Canoas. Quando voltar, a intenção é transmitir o conhecimento aos outros empresários do município, por meio de palestras e cursos de qualificação. "A CDL me ajudou muito no início da minha jornada como empresária, especialmente pela convivência com outros gestores. Estou bem animada para compartilhar todo aprendizado dessa experiência para alavancar o varejo", diz ela.

Relação de confiança

Mais do que vender, Juliana trabalha sob a crença de construir relações de confiança com os clientes. “Como pequeno negócio, sei que não consigo competir em preço com os maiores, por isso atuo muito na valorização dos produtos, equipe e consumidor, oferecendo não apenas algo pra ele comprar, mas uma experiência, um atendimento diferenciado, algo que o faça voltar”.

Apoio para aplicação das tendênciasno varejo

Participam da iniciativa, também, as empresas Boutique de Aromas (Panambi), Criamigos (Gramado), Da Luz Calçados (Três de Maio), Empório Essenza (Marau), Produspet (Nova Prata), Raquel Gubert Ateliê (Santo Ângelo), Sommelier Vinhos (Porto Alegre), Pórtico Móveis e Subway (Bento Gonçalves). Todas as atividades de imersão técnica são realizadas em parceria com o Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas) e a CDL Porto Alegre, além da Fecomércio-RS, e conta ainda com 15 líderes do varejo gaúcho.

"É fundamental para a retomada das vendas acompanharmos de perto as inovações, tendências e melhores práticas e vamos apoiar os varejistas na implementação de melhorias que impactem nas vendas, lucratividade e competitividade", pontua Zortéa.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.