Publicidade
Notícias | Novo Hamburgo Novo Hamburgo

Cota mensal do SUS em laboratórios conveniados termina e aumenta espera para exames laboratoriais

Saída é procurar atendimento no laboratório municipal, pagar particular ou aguardar até março

Por Joceline Silveira
Publicado em: 23.02.2021 às 03:00 Última atualização: 23.02.2021 às 08:48

Cintia vai esperar até o mês que vem para fazer exames Foto: Arquivo pessoal
Pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) enfrentam dificuldades para fazer exames laboratoriais em Novo Hamburgo. Conforme a Secretaria de Saúde, as cotas mensais para exames em laboratórios particulares foram extrapoladas pelo segundo mês consecutivo.

Os pacientes são orientados a voltar no dia 1º de março ou procurar atendimento no laboratório municipal. Quem não se enquadra é obrigado a pagar.

Atendimento suspenso

A dona de casa Cintia Vilimaviciene precisa de acompanhamento após um cirurgia bariátrica. Ela não conseguiu atendimento na manhã de ontem. Sem plano de saúde, procurou um laboratório conveniado à Prefeitura para tentar fazer a bateria de análises de graça e ficou surpresa ao ter sua requisição de exames de sangue negada.

"Tinha um aviso na porta informando que a quantidade de exames para pacientes do SUS já tinha acabado e teria que voltar em sete dias. A outra opção seria ir até o laboratório municipal, e foi exatamente o que eu fiz, só que não tive coragem de entrar, o local estava superlotado", detalhou a moradora do bairro Liberdade.

Ainda debilitada, devido à cirurgia, e por medo da Covid-19, Cintia, que está desempregada, voltou para casa sem atendimento.

"Vou aguardar até o dia 1º de março e retornarei pra fazer os exames. Não tenho opção de particular pois estou desempregada e não tenho no momento os R$ 450 reais pra pagar nos exames particular", disse a moradora.

Cota para exames é de R$ 179 mil

A Prefeitura de Novo Hamburgo informou que existe um teto mensal de R$ 179 mil, distribuído igualitariamente para os três laboratórios contratados pelo município para a realização de exames laboratoriais. Atingindo este valor, os pacientes são destinados ao laboratório municipal. "O local presta um serviço de retaguarda, sendo a garantia de que nenhum cidadão fique sem atendimento", diz nota.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.