Publicidade
Notícias | Rio Grande do Sul Crise na saúde

'Estrutura hospitalar está beirando o colapso', diz Federação das Santas Casas

Em manifesto também divulgado hoje, os hospitais de Porto Alegre já haviam apoiado medidas mais restritivas e pediram pela aplicação de vacinas

Publicado em: 22.02.2021 às 16:00 Última atualização: 22.02.2021 às 16:03

A Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul emitiu um comunicado nesta segunda-feira (22) alertando para a situação do Estado frente ao avanço da Covid-19. Segundo a nota, 'a estrutura hospitalar está beirando o colapso'.

Em um manifesto também divulgado hoje, os hospitais de Porto Alegre já haviam apoiado medidas mais restritivas e pediram pela aplicação de vacinas. Os hospitais Regina, de Novo Hamburgo e Centenário, de São Leopoldo já alertaram sobre o aumento no número de pacientes. A mesma situação é verificada em outras casas particulares e que atendem pelo SUS no interior do Estado.

Confira a nota da Federação na íntegra

"NOTA OFICIAL
SANTAS CASAS E HOSPITAIS FILANTRÓPICOS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
A Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul, Entidade que congrega a representação da maior rede hospitalar do Estado, com 269 Casas de Saúde espalhadas nos mais diversos municípios gaúchos, vem a público reiterar as seguintes considerações e orientações:
Considerando que o Estado do Rio Grande do Sul encontra-se no pior momento da pandemia do Covid-19;
Considerando a divulgação do mais grave mapa preliminar do Distanciamento Controlado, com 11 regiões em bandeira preta, o que significa que 68% da população está em áreas classificadas como de risco altíssimo;
Considerando os relatos extremamente preocupantes dos hospitais representados por essa Entidade, apresentando aumentos significativos nos números dos atendimentos clínicos e hospitalizações de UTI;
Considerando o respeito aos profissionais de saúde que estão há quase um ano atuando na linha de frente ao combate da Pandemia, alcançando um nível de cansaço e estresse extremamente altos;
Considerando que muitas instituições já estão operando além de sua capacidade instalada, não tendo mais capacidade de expansão física ou humana;
A Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Rio Grande do Sul, solicita COM ÊNFASE:
Que a população do Rio Grande do Sul respeite os protocolos determinados pelo Governo do Estado, mantendo-se alerta às indicações de cuidados pessoais (utilização de máscara, constante higienização das mãos) e, ESPECIALMENTE, evitem as aglomerações.
A situação é EXTREMAMENTE GRAVE, sem precedentes, a estrutura de atendimento hospitalar do Estado está sobrecarregada e precisamos barrar COM URGÊNCIA a velocidade e o aumento dos casos da Covid-19.
A estrutura hospitalar está beirando o colapso e mais do que nunca precisamos do esforço coletivo da população gaúcha.
Porto Alegre, 22 de fevereiro de 2021
Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul"

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.