Publicidade
Botão de Assistente virtual
Opinião OPINIÃO

Sapucaia do Sul vai ter que explicar sumiço de sucata ao Ministério Público

Por Thiago Padilha
Publicado em: 15.06.2022 às 14:00 Última atualização: 15.06.2022 às 14:25

O Ministério Público (MP) vai apurar denúncia feita pelo vereador de Sapucaia do Sul Átila Andrade (PT) sobre o suposto sumiço de equipamentos sucateados, que estavam mau acondicionados e expostos ao tempo na Secretaria Municipal de Saúde. O documento foi entregue no dia 9 ao promotor de Justiça Maurício Sanchotene de Aguiar, que vai buscar informações com a prefeitura.

Por meio de nota, o governo municipal informou que "a prefeitura não foi notificada pelo Ministério Público sobre a denúncia realizada. Entretanto, primando pela transparência pública, o prefeito Volmir Rodrigues ao tomar conhecimento da destinação de materiais inservíveis sem o trâmite normal, juntamente com a Secretaria de Saúde, imediatamente determinaram a abertura de sindicância para apurar os fatos, o qual foi aberto no dia 3 de março, processo 6217/22, que tem por objetivo apurar os fatos".

Para conserto ou sucata

Átila Andrade entregou documento ao MP
Átila Andrade entregou documento ao MP Foto: Divulgação
Conforme o documento entregue ao MP, em julho de 2021 havia um número considerável de equipamentos no prédio da secretaria, cobertos por lona. Na época, a secretaria havia informado ao vereador Andrade (foto) se tratar de equipamentos velhos e obsoletos. "Seria feita uma revisão em alguns deles para ver se poderiam ser consertados e reaproveitados, ou não, e o restante aguardaria um leilão para descarte, como sucata", relatou, acrescentando que neste ano o material havia sido removido para a Secretaria de Meio Ambiente. Mas não estariam lá.


O artigo publicado neste espaço é opinião pessoal e de inteira responsabilidade de seu autor. Por razões de clareza ou espaço poderão ser publicados resumidamente. Artigos podem ser enviados para opiniao@gruposinos.com.br
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.